Henji Sistema de Gestão para Locadoras de Carros

Elétricos representaram 0,9% das vendas de veículos em 2023 no Brasil

Data: 05/03/2024 Fonte: Olhar Digital

Apesar do aumento nas vendas, a falta de infraestrutura para os veículos elétricos ainda é o principal desafio do mercado no Brasil.

Apesar do potencial do mercado, os carros elétricos ainda não aceleraram de vez no Brasil. Por aqui, eles responderam por quase 1% do total de vendas de veículos em 2023. Mesmo ainda sendo uma quantia pequena, o volume comercializado no ano passado mais do que dobrou na comparação com 2022.

Mercado brasileiro
Segundo a Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores (Anfavea), foram 19.310 elétricos vendidos no Brasil no ano passado. Em 2022, o número havia sido de 8.458. A projeção para este ano é que as vendas fiquem próximas de 24.100 unidades, alcançando uma participação de 1,04% entre todos os carros vendidos no território nacional.

venda-de-carros-eletricos-no-brasil-em-2023

Apesar do avanço e do interesse do brasileiro nos modelos, a eletrificação total da frota ainda é uma realidade distante. O principal problema ainda é a infraestrutura insuficiente.

Além disso, diversas montadoras apostam que o país não deve ter pressa, pois já conta com um mercado robusto de etanol, que combinado com os veículos elétricos nos modelos híbridos atende melhor a demanda brasileira.

Apesar de o Brasil ter uma matriz elétrica limpa, que torna os carros elétricos realmente viáveis no sentido da descarbonização, as montadoras enxergam que a mescla com carros híbridos a etanol é uma alternativa mais segura para um país que historicamente tem dificuldades em modernizar sua infraestrutura.

Elétricos estão longe de ser uma realidade também em outros países do mundo

– Segundo um estudo da consultora KPMG, executivos do mercado automobilístico internacional estimavam que os carros elétricos poderiam conquistar uma fatia de até 70% do setor até 2030.
– A avaliação, no entanto, foi revista e atualmente a previsão fica entre 10% e 40% até o final da década.
– Esses resultados foram impactados por Brasil, Índia e Japão, que ainda não decolaram na adoção de elétricos.
– No contexto indiano, os especialistas também apontam a baixa infraestrutura.
– Já o Japão, está em andamento uma transição voltada aos modelos híbridos.
– As informações são do Poder360.

sistema-de-gestao-completo-flexivel-e-eficiente

Gestão flexível e eficiente

Tenha toda a Gestão e Operação da sua locadora de veículos aonde você estiver. Vantagens que só a Henji vai te oferecer!