Porsche tem o Brasil como maior mercado da América Latina.

Nem tudo é feito de crise no Brasil atualmente, com uma nova missão em vista, a marca Porsche quer reposicionar o país como maior mercado da América Latina, posto que hoje é ocupado pelo México.

Até agosto desse ano os carros da marca chegavam por meio de importador autorizado, após essa data a empresa alemã resolveu oficializar suas operações aqui no Brasil.

Para que a missão seja cumprida, a filial brasileira aposta em duas vertentes: trazer versão mais em conta de seus esportivos, o 911 e manter a intensidade de vendas dos SUVs, Macan e Cayenne, que são responsáveis por 75% das 597 unidades vendidas de janeiro a outubro de 2015.

“Tudo vai depender de como o país vai resolver o atual cenário econômico”, disse  Matthias Brück, diretor-administrativo da Porsche no Brasil.



Voltar