Isenção de IPI para carros híbridos.

A Comissão do Meio Ambiente (CMA) aprovou uma medida que isenta, durante 10 anos, o IPI (Imposto sobre Produtos Industrializados) veículos elétricos a bateria ou híbridos a etanol de fabricação nacional.

A proposta prevê também a isenção para peças que precisem ser importadas para que a produção no Brasil seja possível, assim como equipamentos de recarga.

Essa decisão pode reduzir em 20% o preço do carro hibrido, de acordo com uma pesquisa feita pelo Autoesporte, então, um carro desse tipo, como o Toyota Prius que custa R$ 116.660, teria o preço reduzido para R$ 93.328. Essa medida também faria com que mais carros desse tipo fossem fabricados em solo nacional.

A senadora Vanessa Grazziotin (PCdoB-AM), integrante da CMA, propôs beneficiar também veículos que utilizem ao menos 30% de biodiesel misturado ao combustível fóssil, com isso aumentará o interesse no desenvolvimento de materiais como anéis de vedação dos motores, que não conseguem trabalhar em motores com mais de 20% de biodiesel.



Voltar